Ganhador do Prêmio Nobel da Paz, protestos no Equador e o Dia Internacional da Menina

11 outubro 2019

Neste #DestaqueONUNews, saiba mais sobre o ganhador do Prêmio Nobel da Paz que já foi boina-azul da ONU na África. Presidente do Equador envia carta ao secretário-geral pedindo ajuda para conter a tensão causada pelos protestos no país sul-americano. E no final: a imparável força jovem feminina no Dia Internacional da Menina.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Primeiro-ministro da Etiópia Abiy Ahmed Ali vence 100º Prêmio Nobel da Paz

Comitê Nobel Norueguês reconhece esforços do chefe do governo etíope que selou um acordo de paz com a vizinha Eritreia; secretário-geral das Nações Unidas elogiou aproximação histórica; Abiy Ahmed também serviu como boina-azul da ONU em Ruanda.  

ONU marca Dia Internacional da Menina dizendo que elas são “força imparável”

Agência ONU Mulheres diz que muitos compromissos para dar autonomia às meninas ainda não foram cumpridos; 12 milhões delas casam-se antes de completar 18 anos e 130 milhões de alunas estão fora da escola; já Unicef diz que investir em meninas é investir num futuro melhor para todos.