Alisson Becker elogia parceria que usará futebol para promover vida saudável

4 outubro 2019

OMS e Fifa fecharam acordo para promover mais saúde e atividade entre pessoas de todo o mundo; as duas partes já colaboraram para proibir o tabaco em recintos de jogos na Copa do Mundo de 2018.

Uma nova parceria da Organização Mundial da Saúde, OMS, e a Federação Internacional de Futebol, Fifa, vai promover estilos de vida saudáveis através deste esporte a nível global.

Um memorando de entendimento de quatro anos foi assinado esta sexta-feira em Genebra, na Suíça, pelo diretor-geral da agência da ONU, Tedros Ghebreyesus, e o presidente da Fifa, Gianni Infantino.

Saúde e Segurança

O goleiro brasileiro Alisson Becker, que é embaixador da Boa Vontade da OMS para a Promoção da Saúde, disse estar muito satisfeito porque a agência da ONU e a Fifa estão se unindo para promover a saúde para todos.

Para o melhor goleiro do mundo, as duas partes “estão próximas do seu coração”. Ele disse estar  confiante de que, trabalhando juntas, podem ser ajudadas as pessoas de todo o mundo a viver de forma mais saudável e ativa.

O acordo prevê promover um estilo de vida saudável através do futebol, além de políticas combinadas para garantir ambientes livres de tabaco em eventos da Fifa. Nessas ocasiões vai haver também incentivos a longo prazo para melhorar em áreas como saúde e segurança.

A OMS e a Fifa também promoverão a atividade física através do futebol em eventos conjuntos, e atuarão com associações e redes nacionais de embaixadores da Boa Vontade da OMS, jogadores, treinadores e voluntários.

Tabaco

A OMS dará apoio técnico à Fifa em temas de saúde, para garantir ambientes livres de tabaco em eventos da associação e incentivar as federações nacionais de futebol a adotar políticas livres de tabaco, inclusive em estádios.

O chefe da OMS, Tedros Ghebreyesus, disse estar “animado” com a parceria recordando que “metade do mundo assistiu à Copa do Mundo de 2018”. Para ele, isso significa que existe um grande potencial dar informações de bilhões de pessoas para ajudá-las a ter uma vida mais saudável. ”

Já o presidente da Fifa, Gianni Infantino, “o futebol é uma língua única e universal” e a meta da plataforma e rede da organização vai “apoiar iniciativas de saúde e promover estilos de vida saudáveis em todo o mundo. ”

A OMS e a Fifa já cooperaram em iniciativas para proibir o uso do tabaco em torneios de futebol, incluindo na Copa do Mundo de 2018.

Prevenção

Os esforços das duas partes na nova parceria serão para proteger a saúde das pessoas nos eventos da Fifa e intervir melhor em áreas como higiene e prevenção de doenças.

Com a nova colaboração, as duas partes querem impulsionar os pontos fortes para garantir que mensagens de saúde e programas relacionados a atividades tenham um maior impacto na vida das pessoas em todo o mundo.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Goleiro brasileiro Alisson Becker e esposa são os novos embaixadores da Boa Vontade da OMS

Quatro novos embaixadores foram anunciados esta segunda-feira; mãe da artista Lady Gaga e ex-presidente da Libéria também foram indicadas na 62ª Assembleia Mundial da Saúde que começou esta segunda-feira, em Genebra.

ONU e FIFA combatem o racismo nos estádios

A Organização das Nações Unidas, a União Européia e a FIFA reuniram-se em Zurique, na Suíca, para estabelecer medidas drásticas de combate ao racismo nos estádios de futebol, sobretudo, da Europa.