Programa da ONU para o Meio Ambiente apoia próxima expedição da família Schurmann
BR

8 junho 2019

Marcando o Dia Mundial dos Oceanos, celebrado em 8 de junho, Pnuma assinará um memorando de entendimento com a família brasileira Schurmann, conhecida por velejar pelo mundo; o acordo faz parte da campanha #MaresLimpos, maior iniciativa global contra o lixo nos oceanos.

O Dia Mundial dos Oceanos é celebrado neste 8 de junho. Para marcar a data, o Programa da ONU para o Meio Ambiente, Pnuma, assina um memorando de entendimento global com a família brasileira Schurmann, conhecida por velejar pelo mundo.

O anúncio oficial do acordo será na tenda #MaresLimpos, durante um mutirão de limpeza de praia na Barra da Tijuca, na cidade do Rio de Janeiro. O #AqueleAbraço, que é organizado pela Route Brasil, acontecerá neste sábado, dia 8 de maio.

Peixes e outras espécies marinhas frequentemente confundem plásticos com alimentos, que, se ingeridos, podem ser fatais, by Foto: ONU Mundo Oceanos/Pasquale Vassallo

Família

A família Schurmann é defensora da campanha #MaresLimpos, que é a maior aliança global contra o lixo nos oceanos. A partir de dezembro, a família de velejadores iniciará uma grande jornada pela costa brasileira e por oceanos do mundo em uma expedição de 18 meses, chamada “Voz dos Oceanos”.

A iniciativa contará com o apoio do Pnuma e registrará o que está acontecendo nos oceanos. O Pnuma destaca que a  ação pretende identificar potenciais soluções capazes de “reverter o cenário catastrófico para as águas do planeta”, além de mobilizar governos, organizações, cientistas e sociedade civil em torno da urgência de medidas efetivas em prol dos oceanos.

Expedição

A expedição deve percorrer cerca de 40 pontos estratégicos, incluindo ilhas como Fernando de Noronha, Manhattan em Nova Iorque e Dulcie. No caminho da jornada também estão alguns pontos nos mares onde os mais variados itens de plástico se acumulam, vindos de diferentes partes do mundo por meio das correntes marítimas.

Para a representante do Pnuma no Brasil, Denise Hamú, “ao apresentar um projeto que busca reunir vozes do mundo todo para, juntas, se tornarem a voz dos oceanos, a Família Schurmann vai além do seu papel de defensora da #MaresLimpos no Brasil, ela passa a ser uma defensora global que, com seu veleiro Kat, levará nossa missão para vários países e nações.”

#MaresLimpos

O diretor de criação da família, David Schurmann, contou que em 2017, quando foram “convidados pelo escritório do Brasil da ONU Meio Ambiente para atuar como defensores #MaresLimpos”, eles assumiram o “compromisso com muito orgulho”. Ele explicou ainda que foram desenvolvidas iniciativa “importantes de conscientização e engajamento da população brasileira, incluindo o projeto Conexão Schurmann #MaresLimpos.”

Segundo David Schurmann, a família tem “total consciência de que esta é uma luta maior”. Ele disse que navegando pelo planeta, é possível testemunhar “a presença de poluição plástica até mesmo em ilhas completamente desertas” e que isso incomoda e faz com que a família queira fazer mais.

O Pnuma calcula que, todos os anos, entre 8 milhões a 13 milhões de toneladas de plástico cheguem aos oceanos. Além de poluírem as águas, esses resíduos causam a morte de 100 mil animais marinhos e 1 milhão de pássaros.

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud