Investimento direto estrangeiro caiu 41% no 1º semestre de 2018

15 outubro 2018

Relatório da Unctad dá conta que dois terços do investimento mundial foi feito em países em desenvolvimento;  repatriação de capitais para o Estados Unidos pressiona queda; Brasil é o nono país que recebe mais investimento do exterior.

O investimento direto estrangeiro em todo o mundo caiu 41% na primeira metade de 2018. De acordo com um relatório da Conferência da ONU sobre Comércio e Desenvolvimento, Unctad, o investimento de entidades noutros países desceu, em termos globais, para os US$ 470 bilhões, um valor que compara com os US$ 794 bilhões de igual período do ano anterior.  

Reforma fiscal

A repatriação de capitais por parte de empresas dos Estados Unidos é a principal causa identificada para esta queda, de acordo com a Unctad. Uma consequência da reforma fiscal empreendida pela administração norte-americana nos últimos meses.

O declínio dos valores aconteceu, sobretudo, em países desenvolvidos, grupo onde o investimento direto estrangeiro deslizou 69% para os US$ 135 bilhões. A Suíça e a Irlanda foram os países mais afetados.

Países em desenvolvimento

Já no caso dos países em desenvolvimento a queda foi ligeira. No total, foram investidos 310 US$ bilhões, menos 4% do que nos primeiros seis meses do ano passado. A Unctad adianta que este grupo de países somou 66% do total de investimento estrangeiro.

Segundo o Unctad, os investimentos na economia verde estão em recuperação, subiram para para os US$ 454 bilhões no primeiro semestre de 2018., by Banco Mundial/ Ivelina Taushanova

A China foi o país que mais investimento recebeu de outros países, sendo que a Ásia em desenvolvimento foi a região que mais angariou. Reino Unido e Estados Unidos completam o pódio, com o Brasil a ocupar a nona posição da tabela dos países que mais investimento atraíram no primeiro semestre deste ano. O continente africano assistiu a uma queda muito ligeira na redução do investimento, enquanto que a Europa registou uma queda significativa. Entre janeiro e junho deste ano, o investimento de outros países no continente recuou 93%.

Economia verde

Já os investimentos na economia verde estão em recuperação. Segundo a Unctad, o anúncio de investimentos em projetos mais amigos do ambiente subiu, em termos globais, para os US$ 454 bilhões, um aumento de 42% em relação ao primeiro semestre de 2017.

 

 

 

 

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud