Barreira de Corais de Belize é retirada da Lista de Patrimônio Mundial em Perigo

27 junho 2018

A barreira é considerada a maior no hemisfério norte e a segunda maior no mundo; local ficou na lista da Unesco por quase uma década e foi retirado devido às ações de proteção tomadas pelo país. 

O Comitê do Patrimônio Mundial decidiu retirar o Sistema de Reserva da Barreira de Corais de Belize da Lista de Patrimônio Mundial em Perigo da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco. A barreira estava nesta lista desde 2009 e a decisão do Comitê deve-se às medidas de proteção adotadas pelo país.

Entre as ações tomadas por Belize estão a introdução de moratória na exploração de petróleo em toda a zona marítima do país e o fortalecimento de regulamentações florestais que permitem uma melhor proteção dos mangues.

Corais

A barreira de corais de Belize tinha sido inclusa na Lista de Patrimônio Mundial em Perigo devido à destruição dos manguezais e dos ecossistemas marinhos, extração de petróleo no mar e o desenvolvimento de projetos de construção não sustentáveis.

O local passou a fazer parte da Lista do Patrimônio Mundial da Unesco em 1997, quase 20 anos antes de ser considerado em risco.

A barreira de corais do Belize é a maior no Hemisfério Norte e a segunda maior no mundo.  Ela abriga espécies ameaçadas como tartarugas marinhas, o peixe-boi e o crocodilo marinho americano.

Confira imagens da barreira de corais de Belize neste vídeo da Unesco, em inglês. 

Objetivo

O objetivo da Lista do Patrimônio Mundial em Perigo é informar a comunidade internacional de condições que ameaçam as características que fizeram com que um local fosse inscrito como patrimônio mundial e estimular ações corretivas.

A 42ª sessão do Comitê do patrimônio Mundial está sendo realizada em Manama, a capital do Bahrein. As reuniões do Comitê vão até o dia 4 de julho.

Apresentação: Alexandre Soares

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud