Nova tempestade ameaça áreas do Caribe atingidas pelo Eta, que afetou 2,5 milhões BR

Moradores de Puerto Cabezas, a principal cidade da região norte da Nicarágua, após a passagem do furacão Eta.
© PMA
Moradores de Puerto Cabezas, a principal cidade da região norte da Nicarágua, após a passagem do furacão Eta.

Nova tempestade ameaça áreas do Caribe atingidas pelo Eta, que afetou 2,5 milhões

Clima e Meio Ambiente

Alerta do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos mostra novos movimentos no Caribe nas próximas horas; Organização Internacional para Migrações, OIM, conta que está atuando com outras agências da ONU para socorrer sobreviventes em Honduras, El Salvador, Guatemala e Belize.

Meteorologistas do Centro Nacional de Furacões, nos Estados Unidos, informam que o Caribe e partes da América Central podem ser afetados por uma nova tempestade tropical, que deve receber o nome de Iota.

Este ano, mais de duas dezenas de tempestades incluindo furacões atravessaram a região. Em comunicado, a Organização Internacional para Migrações, OIM, reuniu forças com outras agências da ONU para levar socorro às vítimas do furacão Eta, na América Central. 

Com ventos de até 225 km/h quando atingiu a Nicarágua, no início do mês, o Eta arrasou os serviços de saúde de Honduras levando estragos a Belize e Guatemala.
© PMA
Com ventos de até 225 km/h quando atingiu a Nicarágua, no início do mês, o Eta arrasou os serviços de saúde de Honduras levando estragos a Belize e Guatemala.

Segurança alimentar

Com ventos de até 225 km/h quando atingiu a Nicarágua, no início do mês, o Eta arrasou os serviços de saúde de Honduras levando estragos a Belize e Guatemala. Milhares de casas foram destruídas e pelo menos 200 pessoas morreram. Ao todo, foram afetadas 2,5 milhões de pessoas na América Central.

A diretora regional da OIM, Michele Klein-Solomon, expressou preocupação com a destruição ampla de plantações, o que terá um efeito sobre a segurança alimentar de milhares de famílias.

No norte da América Central, pelo menos 358 mil pessoas tiveram que ser abrigadas em escolas e estádios após perderem suas casas para deslizamentos de terra e outras ameaças causadas pelas enchentes.

Crianças em Puerto Cabezas, na Nicarágua
Unicef/Tadeo Gómez
Crianças em Puerto Cabezas, na Nicarágua

Recursos

A OIM está distribuindo cobertores, alimentos, medicamentos, roupas, bolsas de água e kits de higiene. 

Uma das maiores preocupações é com a possibilidade de maior contaminação com a Covid-19 a partir da quebra de instalações de água e outros recursos para manter a lavagem de mãos.

A OIM informou que despachou equipes para todos os países afetados incluindo a cidade de Chiapas, no sul do México, que recebe muitas pessoas da Guatemala e outras áreas afetadas pelo Eta.