Nova tempestade ameaça áreas do Caribe atingidas pelo Eta, que afetou 2,5 milhões
BR

13 novembro 2020

Alerta do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos mostra novos movimentos no Caribe nas próximas horas; Organização Internacional para Migrações, OIM, conta que está atuando com outras agências da ONU para socorrer sobreviventes em Honduras, El Salvador, Guatemala e Belize.

Meteorologistas do Centro Nacional de Furacões, nos Estados Unidos, informam que o Caribe e partes da América Central podem ser afetados por uma nova tempestade tropical, que deve receber o nome de Iota.

Este ano, mais de duas dezenas de tempestades incluindo furacões atravessaram a região. Em comunicado, a Organização Internacional para Migrações, OIM, reuniu forças com outras agências da ONU para levar socorro às vítimas do furacão Eta, na América Central. 

© PMA
Com ventos de até 225 km/h quando atingiu a Nicarágua, no início do mês, o Eta arrasou os serviços de saúde de Honduras levando estragos a Belize e Guatemala.

Segurança alimentar

Com ventos de até 225 km/h quando atingiu a Nicarágua, no início do mês, o Eta arrasou os serviços de saúde de Honduras levando estragos a Belize e Guatemala. Milhares de casas foram destruídas e pelo menos 200 pessoas morreram. Ao todo, foram afetadas 2,5 milhões de pessoas na América Central.

A diretora regional da OIM, Michele Klein-Solomon, expressou preocupação com a destruição ampla de plantações, o que terá um efeito sobre a segurança alimentar de milhares de famílias.

No norte da América Central, pelo menos 358 mil pessoas tiveram que ser abrigadas em escolas e estádios após perderem suas casas para deslizamentos de terra e outras ameaças causadas pelas enchentes.

Unicef/Tadeo Gómez
Crianças em Puerto Cabezas, na Nicarágua

Recursos

A OIM está distribuindo cobertores, alimentos, medicamentos, roupas, bolsas de água e kits de higiene. 

Uma das maiores preocupações é com a possibilidade de maior contaminação com a Covid-19 a partir da quebra de instalações de água e outros recursos para manter a lavagem de mãos.

A OIM informou que despachou equipes para todos os países afetados incluindo a cidade de Chiapas, no sul do México, que recebe muitas pessoas da Guatemala e outras áreas afetadas pelo Eta.
 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud