Coordenador da ONU discute com Abbas proposta de união de palestinos BR

Coordenador da ONU discute com Abbas proposta de união de palestinos

Robert Serry reuniu-se em Ramallah com o presidente da Autoridade Nacional Palestina e disse que recebeu garantias de que um acordo de união entre a OLP e o Hamas irá ocorrer sob a liderança de Mahmoud Abbas.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas reafirmaram seu apoio à união dos palestinos sob a liderança da Autoridade Nacional Palestina, OLP.

Em nota, divulgada após um encontro com o presidente da Autoridade, Mahmoud Abbas, o coordenador especial da ONU para o Oriente Médio afirmou que recebeu garantias de que o acordo se dará sob a liderança de Abbas.

Acordos Prévios

O encontro ocorreu em Ramallah, capital da Cisjordânia, que é controlada pela OLP. Já a Faixa de Gaza está sob a liderança do movimento islâmico Hamas, desde as eleições de 2006 na região.

No encontro desta quinta-feira, Serry afirmou que o presidente palestino, Mahmoud Abbas, concedeu garantias de que os compromissos assumidos na união com o Hamas incluirão o reconhecimento do Estado de Israel, a não-violência e a adesão a acordos prévios sobre o tema.

Abbas também reiterou o seu compromisso com as negociações de paz e com protestos pacíficos.

Liderança Legítima

Segundo agências de notícias, o movimento Hamas e a facção Fatah, da Autoridade Palestina, teriam concordado em promover uma união com a realização de eleições já nos próximos meses. Os dois grupos estão separados desde 2007 quando o Hamas passou a governar a Faixa de Gaza.

Robert Serry disse que a união, nesses termos, é a única forma de juntar Gaza e Cisjordânia sob uma liderança legítima da OLP. Ele também elogiou o processo que inclui a realização de eleições palestinas.

O coordenador especial encerrou a nota pedindo a todas as partes, neste momento crítico, que não tomem medidas que possam se opor à criação de um ambiente favorável às negociações.