FAO celebra progressos de programa pesqueiro no Uganda

FAO celebra progressos de programa pesqueiro no Uganda

Sistema denominado “SmartFish” tem como objetivo elevar o nível de desenvolvimento social, económico e ambiental do país; meta é aprofundar integração regional; Moçambique está entre os países que implementam a iniciativa.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.*  

Um programa pesqueiro da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, foi destacado pelos seus progressos na melhoria da vida de ugandeses.

O sistema denominado “SmartFish”, tem como objetivo contribuir para elevar o nível de desenvolvimento social, económico e ambiental do país além de aprofundar a integração regional.

Resultado

Um dos meios para atingir a meta é a melhoria das capacidades para a exploração sustentável dos recursos pesqueiros.

No Uganda, a FAO destaca que o programa está a dar resultado. Várias pessoas assistem um vídeo do “SmartFish” a mostrar técnicas e a importância da higiene e da qualidade no manuseio do pescado.

Beneficiários

Os maiores beneficiados do sistema são os operadores da área, comunidades costeiras e as populações das regiões cobertas pelo plano de ação.

Além do Uganda, o processo está a ser utilizado em países como Moçambique, África do Sul, Burundi, República Democrática do Congo, Somália, Sudão, Sudão do Sul entre outros.

O programa é financiado pela União Europeia e implementado pela Comissão do Oceano Índico em colaboração com a Autoridade Intergovernamental para o Desenvolvimento, Igad, e outras agências.

*Apresentação: Eleutério Guevane.