Entrevista: Ultimato na RD Congo

Entrevista: Ultimato na RD Congo

General Carlos Alberto dos Santos Cruz, comandante das forças das Nações Unidas da República Democrática do Congo, Monusco, fala à Rádio ONU sobre o ultimato dado a grupos armados em Goma, capital de Kivu Norte.

A área, habitada por cerca de 1 mlhão de pessoas, está sendo alvo do fogo cruzado entre integrantes do grupo rebelde M23 e tropas do governo congolês.

A Monusco deu um prazo até às 16h (horário de Goma) desta quinta-feira para que todos os indivíduos armados, que não pertençam às forças congolesas, entreguem suas armas.  A Missão alertou que "fará tudo o que for necessário" para que o mandato seja cumprido incluindo o uso da força.

Na conversa com Eleutério Guevane, o general brasileiro informou que a violência na RD Congo pode ter matado de 4 a 5 milhões de pessoas no país africano nos últimos 10 anos.

Duração: 7:07"