Mulheres pedem maior presença na ciência e na indústria espacial

Mulheres pedem maior presença na ciência e na indústria espacial

Evento realizado na ONU abordou 52 anos da primeira viagem do homem ao espaço, protagonizada pelo cosmonautaYuri Gagarin.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Um grupo de especialistas pediu que seja assegurada maior participação da mulher na ciência e na tecnologia espacial, num evento realizado nas Nações Unidas para celebrar a primeira viagem do homem ao espaço.

Foi a 12 de Abril de 1961 que o cosmonauta, Yuri Gagarin, atingiu o feito histórico que abriu o caminho para a exploração espacial.

Justiça

Em entrevista à Rádio ONU, em Nova Iorque, a presidente do Conselho de Administração da Fundação para Mulheres no Espaço disse que o envolvimento feminino é uma questão de justiça social.

A norte-americana Susan Chodakewitz defende que assegurar que a mulher seja parte central do setor futuro é crucial, tendo em conta que metade da população é feminina.  Como referiu, uma representação insuficiente resultaria numa perda.

Obstáculos

O painel de discussão também destacou o facto de que, há 50 anos, o mundo enviou a primeira mulher ao espaço. O exemplo da cosmonauta Valentina Tereshkova levou Susan Chodakewitz a abordar os obstáculos atuais para o envolvimento feminino na área.

A executiva disse que a falta de conhecimento e de consciencialização são os obstáculos para atrair as mulheres para o setor. Chodakewitz disse que a campanha global sobre educação das Nações Unidas poderá aumentar a exposição de mulheres à ciência.

Humanidade

Em 2011, a Assembleia Geral aprovou uma resolução a declarar o 12 de abril como o Dia Internacional do Voo Espacial Humano.

O órgão disse acreditar no interesse comum da humanidade em promover e expandir a exploração e o uso do espaço para fins pacíficos. A intenção é que sejam feitos esforços para estender os benefícios para todos os Estados.

O documento reafirma ainda a contribuição da ciência e da tecnologia espaciais para alcançar os objetivos de desenvolvimento sustentável e aumentar o bem-estar dos Estados e povos.