Ban envia carta à Síria advertindo sobre possível uso de armas químicas BR

Ban envia carta à Síria advertindo sobre possível uso de armas químicas

Informação foi confirmada pelo porta-voz do Secretário-Geral da ONU, nesta quarta-feira, durante encontro diário com correspondentes em Nova York.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU voltou a expressar “preocupações graves” com afirmações de membros do governo da Síria sobre o possível uso de armas químicas no conflito do país.

A informação foi dada a correspondentes pelo pelo porta-voz do Secretário-Geral.

Estoque

Martin Nesirky disse que Ban Ki-moon enviou uma carta ao presidente da Síria, Bashar al-Assad, nesta terça-feira.  Nela, Ban afirmou que a responsabilidade fundamental do governo é garantir a segurança de qualquer estoque de armas químicas. O Secretário-Geral da ONU disse ainda que o uso de tais armas seria “um crime ultrajante com terríveis consequências.”

Outros representantes da comunidade internacional como líderes europeus e ainda o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, advertiram a Síria sobre o tema.

O conflito entre tropas do governo e opositores do presidente sírio, Bashar al-Assad, começou em março de 2011 e já matou mais de 25 mil pessoas, segundos fontes não-governamentais.