Depressão afeta mais de 350 milhões de pessoas no mundo, diz OMS BR

Depressão afeta mais de 350 milhões de pessoas no mundo, diz OMS

Alerta foi feito no Dia Mundial da Saúde Mental, neste 10 de outubro; para agência, pessoas com a doenças mentais precisam de mais tratamento e menos estigma.

 Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas marcam neste 10 de outubro o Dia Mundial da Saúde Mental. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, OMS, mais de 350 milhões de pessoas sofrem de depressão.

O diretor do Departamento de Saúde Mental da OMS, Shekhar Saxena, informou que menos da metade das pessoas com a doença recebem tratamento adequado.

Escola

Em muitos países, menos de 10% dos doentes conseguem a ajuda.

O médico crê que um dos desafios é o estigma que ainda existe sobre quem sofre de problemas mentais. Além disso, muitos pacientes não reconhecem que precisam de tratamento.

De acordo com a OMS, a depressão leva a um sentimento de tristeza, que pode durar duas semanas. Além disso, a doença interfere na capacidade de agir das pessoas, como por exemplo no trabalho, na escola ou em casa.

Desastres

Especialistas alertam para o sucesso de tratamentos contra a depressão, uma vez diagnosticada e cuidada de forma adequada.

Estudos da OMS revelam que a doença existe em todas as regiões do mundo. Fatores como crises econômicas, desemprego, conflitos e desastres podem aumentar a chance de desordens mentais.

Há ainda uma relação entre depressão e doenças cardiovasculares. Uma em cada cinco mulheres tem depressão pós-parto.

O Dia Mundial da Saúde Mental foi instituído em 1992, e serve para promover discussões sobre o tema priorizando prevenção, tratamento e o fim da estigmatização.