Haiti se prepara para passagem de tempestade tropical este fim de semana BR

Haiti se prepara para passagem de tempestade tropical este fim de semana

Segundo as Nações Unidas, chegada do Isaque ao Haiti, Cuba e República Dominicana pode colocar 800 mil pessoas em risco de assistência humanitária imediata.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Equipes de emergência estão sob alerta para a passagem de uma tempestade tropical pelo Caribe, este fim de semana.

Segundo o Escritório de Assistência Humanitária das Nações Unidas, Ocha, a tempestade, batizada de Isaque, deve chegar ao Haiti, à República Dominicana e a Cuba, colocando 800 mil pessoas em risco de auxílio imediato.

Tropas

Antes da confirmação sobre a tempestade, o comandante militar da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti, general Fernando Goulart, falou à Rádio ONU, de Porto Príncipe, sobre o plano de contigência das tropas para informar os haitianos.

“Esta notícia é veiculada com a devida antecedência. E este centro de operações que a Minustah tem normalmente é ampliado para fazer face àquele fenômeno ou àquela contingência.”

Segundo o general Fernando Goulart, a maior preocupação é com os desabrigados pelo terremoto de 2010 no Haiti. O número é de mais de 300 mil pessoas.

Alagamentos

“A preocupação é mais exatamente focada nos deslocados pelo terremoto que tiveram que ir para campos provisórios e estão em abrigos, e são muito vulneráveis a ventos fortes, a chuvas pesadas e a alagamentos.”

Os Serviços de Meteorologia estão prevendo ventos fortes e chuvas para a maioria do país. O departamento de Proteção Social do Haiti já entrou em contato com as agências da ONU para pedir apoio. Uma outra preocupação é com a questão do cólera, que pode ser agravada com a tempestade.