Tempestade tropical nas Filipinas afeta mais de 500 mil pessoas BR

Tempestade tropical nas Filipinas afeta mais de 500 mil pessoas

Mais da metade das vítimas do Saola estão desalojadas; situação humanitária é agravada por conflitos armados no centro e oeste de Mindanao, que obrigaram 16,4 mil pessoas a fugir de suas casas.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Escritório das Nações Unidas para Assistência Humanitária, Ocha, informou que a tempestade tropical Saola, nas Filipinas, está afetando 519 mil pessoas. Mais da metade ficaram desalojadas pelas fortes chuvas e cheias.

A situação está sendo agravada pela falta de terra para construir casas para os sobreviventes do tufão Washi, que atingiu as Filipinas em dezembro passado, matando centenas de pessoas.

Parentes e Amigos

Além disso, conflitos armados no centro e no oeste de Mindanao já obrigaram mais de 16,4 mil  pessoas a fugir de suas casas.

O Conselho Nacional de Redução do Risco de Desastre das Filipinas informou que o Saola, conhecido no país como Gener, tem afetado mais de 110 mil famílias em 32 províncias , desde a segunda-feira.

Quase metade das vítimas mudou para a casa de parentes e amigos. As enchentes e os deslizamentos de terra mataram dezenas de pessoas. Mais de 80 centros de evacuação foram montados para receber os desalojados.

Os serviços de meteorologia informam que a tempestade tropical pode aumentar com as monções do sudoeste das Filipinas levando mais chuvas a várias províncias no oeste de Mindanao.

Até o momento, o governo não solicitou ajuda internacional.