Alta estação no Hemisfério Norte pode ter até 415 milhões de turistas
BR

9 julho 2012

Previsão é da Organização Mundial do Turismo, OMT, para os meses de maio a agosto; número refere-se a chegadas internacionais; documento final da Rio + 20 destacou setor como fator na criação de empregos.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Apesar das incertezas econômicas, o turismo internacional deverá registrar 415 milhões de chegadas até o fim do próximo mês.

A expectativa é da Organização Mundial do Turismo, OMT, com sede em Madri, na Espanha.

Recuperação

Segundo a agência da ONU, as chegadas internacionais cresceram 5% nos de janeiro a abril deste ano. O Barômetro do Turismo Mundial, que mede o movimento das viagens, revela que o resultado representa um aumento de 15 milhões de pessoas, se baseado no mesmo período de 2011.

Os mercados com sinais claros de recuperação são Japão, Egito e Tunísia. Os melhores números vêm da região da Ásia-Pacífico e da África com um aumento de 8%.

A segunda maior performance ficou com a região das Américas com 6%, seguida da Europa, que recebeu 4% mais turistas estrangeiros que entre janeiro e abril do ano passado.

G-20 e Rio + 20

De acordo com o diretor-geral da agência, Taleb Rifai, o turismo foi reconhecido como um dos setores que podem alavancar a recuperação econômica, pela primeira vez, pelo G-20, o grupo das maiores economias do mundo, que inclui o Brasil.

A agência também destacou o fato da Declaração da Rio + 20, assinada mês passado, no Rio de Janeiro, ter incluído o turismo como um forma de criar empregos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud