Prorrogado mandato da força da ONU em Abyei

Prorrogado mandato da força da ONU em Abyei

Decisão foi aprovada por unanimidade pelos 15 países membros do Conselho de Segurança; força foi criada após eclosão de um surto de violência no ano passado.

[caption id="attachment_214718" align="alignleft" width="350" caption="Conselho de Segurança "]

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As Nações Unidas estenderam, esta quinta-feira, a presença da Força Interina da ONU para a Segurança de Abyei, Unifsa.

A prorrogação, por seis meses, foi aprovada por unanimidade pelos 15 países membros do Conselho de Segurança.

Em Junho de 2011, a Unifsa foi criada através do mandato do órgão após a eclosão de um surto de violência na sequência da tomada do controle da região por tropas sudanesas.

Violência

De acordo com a ONU, a ação levou à fuga de dezenas de milhares de pessoas da região, rica em recursos naturais, disputada pelo Sudão e Sudão do Sul, que declarou a sua independência em Julho de 2011.

Um referendo para determinar o estatuto de Abyei  foi adiado, em Janeiro do ano passado, devido a divergências sobre a elegibilidade dos eleitores.

Acordos

A relutância de ambos os lados em retirar suas forças da região também fez recuar esforços para estabelecer acordos administrativos temporários para Abyei.

A região é também ameaçada pelas disputas de gado dos grupos étnicos Dinka Ngok, que se consideram parte do Sudão do Sul, e os Misseriya apoiados pelo Sudão.