Depósitos da ONU em chamas após ataque em Gaza BR

Depósitos da ONU em chamas após ataque em Gaza

Chefe de agência humanitária, Unrwa, diz que fogo se alastrou de um depósito menor para outro maior e que milhões de dólares podem ter sido perdidos em gêneros de ajuda humanitária.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados Palestinos, Unrwa, informou que o ataque de Israel a sua sede, nesta quinta-feira, provocou um incêndio em dois depósitos de ajuda humanitária.

A comissária-geral da Unrwa, Karen AbuZayd, contou à Rádio ONU de Gaza que o bombardeio ao local durou 4 horas. Três funcionários da agência foram feridos no ataque.

Carros e Veículos

Ela explicou que o fogo se espalhou de um depósito pequeno para um maior destruindo todos os produtos usados para distribuir ajuda humanitária.

Ainda não se sabe o tamanho do prejuízo, mas AbuZayd afirmou que pode ser de vários milhões de dólares. Além do material de ajuda humanitária foram destruídos também carros e veículos da Unrwa.

Relatos

Segundo AbuZayd, há relatos de que forças israelenses teriam visto foguetes lançados do local da agência, mas depois o ministro da Defesa se desculpou pelo engano.

A Unrwa está abrigando 700 pessoas que fugiram da violência, mas segundo a comissária, ninguém está participando do conflito.

Karen AbuZayd contou que não existem militantes, armas ou qualquer ação suspeita em complexos da ONU.

Explicações

Ela também afirmou que Israel tem o mapeamento claro das instalações através de informações de GPS.

O Secretário-Geral das Nações Unidas, que está visitando o Oriente Médio para discutir o cessar-fogo imediato, exigiu explicações de Israel.

Ban contou que expressou sua indignação aos ministros israelenses do Exterior, Tzipi Livni, e da Defesa, Ehud Barak. Ele disse ainda que é hora de pôr fim ao conflito.