Conselho de Segurança analisa Darfur na próxima terça-feira

Conselho de Segurança analisa Darfur na próxima terça-feira

Enviado da ONU ao país vai entregar relatório sobre a situação na região de conflicto do Sudão.

Yara Costa, da Rádio ONU em Nova York.

O subsecretário-geral do Departamento de Manutenção das Operações de Paz, Alain Le Roy, deve entregar ao Conselho de Segurança, na próxima terça-feira, um relatório sobre a situação na província de Darfur, no Sudão.

Le Roy acaba voltar de uma visita à região. O relatório sobre a Missão Conjunta das Nações Unida e da União Africana em Darfur, Unamid, aponta que ainda não há condições para que a operação de paz trabalhe de forma efectiva em Darfur.

Desarmamento

O governo e os partidos continuam a fazer uso de soluções militares para a resolução de conflictos. O progresso da implementação do Acordo de Paz de Darfur também tem sido pequeno. A crescente onda de violência, ameaça gravemente a protecção dos civis.

Le Roy informa ainda que o governo do Sudão tem a responsabilidade de acabar com os bombardeamentos aéreos e as ofensivas militares que podem ferir civis. E tomar medidas concretas para desarmar as milícias e outras forças aliadas do governo.

Direitos Humanos

Ele fez um apelo ao governo para cumprir com as suas obrigações de respeitar as leis internacional de direitos humanos e humanitária em relação à defesa dos civis.

Os grupos rebeldes também receberam um pedido de cessão imediata das hostilidades e que comecem negociações sérias com o governo e cooperem com a Unamid.

Alain Le Roy apelou a todos aqueles que tem poder que dêem ajuda o mais rápido possível e lembrou da responsabilidade dos países-membros de equipar a missão para que esta possa desempenhar as funções confiadas pelo Conselho de Segurança da ONU.