ONU pede mais liderança global

ONU pede mais liderança global

Secretário-Geral, Ban Ki-moon, diz que com confrontos, mundo não irá superar crises financeira, energética e de alimentos.

Cátia Marinheiro, Rádio ONU em Nova York.*

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu a líderes internacionais que trabalhem juntos para superar as crises financeira, energética e de alimentos que afetam o mundo.

Segundo Ban, os desafios vão desde as mudanças climáticas ao conflito na província de Darfur, no Sudão.

Retórica

O Secretário-Geral da ONU Ban lembrou que as negociações sobre o comércio mundial também fracassaram e disse que o mundo tem visto uma nova leva de conflitos e violência e o surgimento de uma retórica de confrontação.

Ban afirmou que o mundo está em transição, e que países da América Latina e da Ásia estão se tornando os novos centros de poder e liderança.

O Secretário-Geral das Nações Unidas pediu a todos os países mais empenho para cumprir as Metas do Milênio especialmente na África.

Criatividade

Ele pediu a líderes internacionais que transformem as metas uma realidade até 2015.

Ban Ki-moon mencionou a importância da luta contra a malária e a Aids, a redução da mortalidade materno-infantil e o combate às mudanças climáticas.

Ele terminou o discurso dizendo que a ONU tem que se renovar em busca de mais criatividade.

O Secretário-Geral disse que a cultura da ONU tem que ser mudada. Ele precisa ser mais rápida, mais moderna e eficiente. Ban disse que apresentará sua proposta para mudanças nas próximas semanas e pediu ao apoio dos países-membros na aprovação das medidas.

Apresentação*: Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.