Alimento infantil na China deve ser mais inspecionado, diz ONU (Português para o Brasil)

Alimento infantil na China deve ser mais inspecionado, diz ONU (Português para o Brasil)

Pelo menos três bebês morreram com insuficiência renal após consumir leite em pó contaminado; mais de 40 mil casos já foram registrados no país.

Samantha Barthelemy, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas lançaram um apelo, nesta quinta-feira, pedindo melhor regulação de alimentos para bebês na China.

O pedido foi feito por várias agências da ONU incluindo a Organização Mundial da Saúde, OMS.

Declaração

Segundo o governo chinês, mais de 40 mil bebês ficaram doentes após consumir leite contaminado com melamina, uma substância química proíbida.

Pelo menos três crianças morreram com insuficiência renal.

Os escritórios da OMS e do Fundo das Nações Unidas para Infância, Unicef, lançaram uma declaração conjunta deplorando a contaminação deliberada de alimentos para crianças.

Segundo a declaração, as agências estão confiantes que a China está tomando as providências necessárias para investigar a situação.

Leite Materno

O Unicef lembrou que os recém-nascidos devem receber somente leite materno durante os primeros seis meses de vida para proteger a criança de doenças.

Segundo o Unicef e a OMS, nenhuma marca de leite em pó contém a combinação perfeita de nutrientes e vitaminas necessária para o crescimento e desenvolvimento dos bebês como o leite da mãe.

Por causa da contaminação, as autoridades chinesas e as fabricantes de leite em pó e outros laticínios ordenaram a retirada dos produtos das prateleiras dos supermercados da China.