Equipa de mediação da ONU para resolver crises (Português para a África)

Equipa de mediação da ONU para resolver crises (Português para a África)

Subsecretário-geral para Assuntos Políticos disse que objectivo é ajudar a prevenir conflitos através de esforços diplomáticos.

Helder Gomes, da Rádio ONU em Nova York.

O subsecretário-geral da ONU para Assuntos Políticos, Lynn Pascoe (foto), anunciou, nesta quarta-feira, que a organização formou uma equipa de mediação para resolver crises no mundo.

Segundo Pascoe, a equipa é formada por especialistas em cessar-fogo, partilha de poder, transição judicial e alterações constitucionais.

Numa conferência de imprensa para lançar a iniciativa, na sede da ONU em Nova York, o subsecretário-geral disse que o objectivo é ajudar a prevenir conflitos através de esforços diplomáticos.

Pascoe lembrou ainda que a procura por mediação tem crescido nos últimos anos, em várias partes do mundo, e que as crises estão a tornar-se mais complexas.

Ele referiu o recente exemplo do Quénia, onde houve negociações para a partilha de poder num esforço para acabar com a violência pós-eleitoral.