África tem crescimento recorde de 5,4%, diz Banco Mundial

África tem crescimento recorde de 5,4%, diz Banco Mundial

Um relatório do Banco Mundial revela que a África registou na última década uma média de crescimento económico de 5,4%.

O documento “Perspectiva Económica para África 2007” baseou-se na análise de mais de 1 mil indicadores de economias pública e privada, meio ambiente, governação, entre outros.

O economista do Banco Mundial, e especialista em Região Africana, Jorge Arbache, disse à Rádio ONU, de Washington, que Moçambique e São Tomé e Príncipe estão entre os países com melhor desempenho.

"Uma característica distintiva do recente crescimento da África é que há um processo de agrupamento de países, em pelo menos dois distintivos grupos. São países que têm conseguido crescer a taxas de pelo menos 4% ao ano, nos últimos dez anos. E dentro desses países temos Moçambique, que cresceu 8.3%, por exemplo, São Tomé e Príncipe, 7.1%, e Botsuana, 6.7%", disse.

O relatório do Banco Mundial revela que há países africanos com índices de crescimento superiores a de países desenvolvidos.

Cabo Verde, Botsuana, Namíbia e África do Sul têm mais de 80% de cobertura no ensino fundamental.

Para o chefe dos economistas do Banco Mundial para a Região Africana, John Page, a África aprendeu a comercializar com maior eficiência com o resto do mundo e a depender mais do sector privado.