ONU diz que aumento do nível dos mares é irreversível BR

ONU diz que aumento do nível dos mares é irreversível

Um relatório das Nações Unidas afirma que o aumento do nível dos mares é irreversível e pode contribuir para o crescimento das migrações em nível mundial.

O encontro reúne cerca de mil especialistas de 150 países.

Mais detalhes com a repórter da Radio ONU, Adriana Niemeyer.

“O facto mais importante é que os Estados Unidos, que é o maior emissor mundial de gases que produzem o efeito estufa, também farão parte desse novo pacto. Para lembrar que, até ao momento, o governo norte-americano não ratificou o Protocolo de Quioto.

O representante norte-americano Arnold Watson afirmou que o seu país reconhece a urgência de atenuar as emissões, mas é preciso conjugar esses factores com o crescimento económico e o desenvolvimento sustentável.

Segundo Watson, esse é o propósito da conferência a ser organizada pelo governo norte-americano, sobre segurança energética e mudanças climáticas em Setembro, em Washington, com a participação das 15 maiores economias mundiais, entre elas o Brasil”, disse.

Os países emergentes, especialmente a China e Índia, estão merecendo atenção especial durante a reunião, já que seu desenvolvimento rápido agrava o efeito estufa.

O encontro é uma preparação para a próxima conferência da Unfccc, que acontece em Bali, na Indonésia, no mês de dezembro.