ONU elogia realização das eleições para o Parlamento do Timor-Leste BR

ONU elogia realização das eleições para o Parlamento do Timor-Leste

O representante especial do Secretário-Geral da ONU no Timor-Leste, Atul Khare (foto), parabenizou os partidos políticos do país pela realização das eleições para o Parlamento, ocorridas em 30 de junho.

O representante especial, que também chefia a Missão Integrada da ONU no Timor-Leste, Unmit, pediu a cooperação do governo e da oposição.

Resultados oficiais indicam que o partido governista, Fretilin, obteve 29% dos votos, 5 pontos percentuais a mais que o movimento liderado pelo ex-presidente Xanana Gusmão, Cnrt.

O embaixador do Timor-Leste na ONU, Nelson Santos, disse que as negociações para a formação de um novo governo já começaram.

“O ex-presidente Xanana está em negociações, e creio que está quase chegando a um acordo com os outros partidos, para ver se reúne suficientes votos para conseguir maioria parlamentar e governar o país”, explicou.

Uma ex-colônia portuguesa no sudeste da Ásia, o Timor-Leste, foi anexado pela Indonésia na década de 1970 e se tornou independente após um referendo da ONU em 2002.