FAO aposta na força das avós para promover desenvolvimento

FAO aposta na força das avós para promover desenvolvimento

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, está apostando no papel das avós para promover desenvolvimento principalmente nas áreas de nutrição e saúde.

Segundo ela, em muitas culturas, como por exemplo, a africana, os idosos são líderes naturais e, geralmente, grandes conselheiros dos mais jovens.

No projeto, que já funciona no Senegal, em Mali, e no Laos, no sudeste da Ásia, a participação das avós ajudou a melhorar programas de saúdes materna e infantil.

Um dos métodos utilizados é o uso de músicas compostas por participantes para recrutar outras avós para a campanha.