ONU e União Africana designam representante conjunto para Darfur

ONU e União Africana designam representante conjunto para Darfur

Numa decisão conjunta, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, e o presidente da Comissão da União Africana, UA, Alpha Oumar Konaré, designaram o congolês Rodolphe Adada, como representante especial das duas organizações para a província de Darfur, no Sudão.

A porta-voz do Secretário-Geral da ONU, Michele Montas, afirmou que a criação dessa função foi decidida na reunião de alto nível, entre dirigentes da UA e das Nações Unidas, realizada em Novembro, na capital da Etiópia, Addis Abeba. A proposta teve ainda o apoio do Conselho de Segurança da ONU e da Comissão de Paz e Segurança da União Africana.

Rodolphe Adada é o ministro dos Negócios Estrangeiros da República do Congo (Brazaville) desde 1997. Antes, ele chefiou as pastas da Educação e das Minas e Energia, e foi professor da Universidade Marien Ngouabi.

Montas anunciou também que o enviado especial da ONU, Jan Eliasson, e o representante da União Africana, Salim Ahmed Salim, iniciaram uma visita de dois dias a Cartum, capital do Sudão, para reforçar o processo de paz no país.

Esta é a terceira visita conjunta dos dois ao Sudão.