Premiada campanha brasileira de reconhecimento da paternidade BR

Premiada campanha brasileira de reconhecimento da paternidade

A campanha pública Ele é meu Pai, de incentivo ao reconhecimento espontâneo da paternidade, acaba de receber o Prêmio de Direitos Humanos da Secretaria Especial dos Direitos Humanos do governo brasileiro.

Jane Andrade Santos, do Unicef de Pernambuco, destacou a realidade das crianças sem registro no Brasil.

“O objetivo da campanha é, através de uma mobilização social, garantir o reconhecimento espontâneo da paternidade de crianças que estão historicamente sem conseguir esse registro de nascimento no tempo certo, o período de 0 a 1 ano de idade. Os últimos dados oficiais indicam que só em torno de 16,1% das crianças nascem e são registradas no primeiro ano de vida” disse.

Desde 1997, o Unicef apóia campanhas para garantia do registro civil de crianças brasileiras.