Secretário-geral indica quatro prioridades para combater terrorismo em África

27 janeiro 2018

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

Em Adis Abeba, capital da Etiópia, onde participa da Cimeira da União Africana, o secretário-geral das Nações Unidas afirmou que o combate “à ameaça do terrorismo transnacional em África deve ser desenvolvido ao redor de quatro prioridades”.

António Guterres falava em um encontro de alto nível sobre o assunto. Segundo ele, o primeiro ponto deve ser tratar do défice na cooperação internacional para o controlo do terrorismo. Uma questão a ser levada em conta nos níveis global, regional e nacional.

Inovação 

O chefe da ONU explicou que realizará, em junho, a primeira Cimeira dos Chefes de Agências de Controlo do Terrorismo, com a meta de ampliar cooperação e troca de informações, além de se desenvolver “maneiras inovadoras de combater o terrorismo”.

Para Guterres, a segunda prioridade deve ser avançar com a ratificação de instrumentos legais, convenções e protocolos sobre o problema. Ele lembrou que as Nações Unidas estão sempre prontas para apoiar a União Africana neste sentido.

Tratar das causas na raiz e das condições por trás do terrorismo deve ser a terceira estratégia. Para isso, Guterres explicou ser preciso combater a pobreza, a marginalização, a exclusão e a discriminação de pessoas.

Ataque no Mali

Por fim, o secretário-geral pede foco especial nas oportunidades para os jovens, especialmente os que têm menos de 25 anos, pois são os que têm maior risco de serem recrutados e radicalizados por terroristas.

Um recente ataque terrorista no Mali matou pelo menos 26 pessoas, a incluir crianças. A ação foi contra um autocarro a transportar civis em Boni, zona central do país e ocorreu na quinta-feira.

Neste fim de semana, o Conselho de Segurança condenou o atentado, ao afirmar tratar-se de “um ato terrorista bárbaro e covarde. O órgão prestou solidariedade ao Mali e a Burquina Fasso, países de origem das vítimas.

Notícias relacionadas:

 Especial: "Serviço e sacrifício" de tropas de paz do Chade no Mali 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud