Dia Internacional em Memória das Vítimas da Escravidão alerta sobre perigos do preconceito
BR

24 março 2018

Secretário-geral da ONU grava mensagem de vídeo sobre data; mais de 15 milhões de africanos foram escravizados durante “capítulo brutal da História”.

O chefe das Nações Unidas, António Guterres, divulgou uma mensagem de vídeo para marcar o Dia Internacional em Memória das

Vítimas da Escravidão e do Comércio Transatlântico de Escravos.

Dignidade

A data, 25 de março, foi instituída pela Assembleia Geral da ONU em tributo aos mais de 15 milhões de mulheres, crianças e homens africanos escravizados.

Para Guterres, a data é um alerta e deve aumentar a conscientização de todos sobre os perigos do racismo e do preconceito.

Ele lembrou que esse foi um “capítulo brutal” da História.

No ano em que a Declaração Universal dos Direitos Humanos celebra seu 70º aniversário, o chefe da ONU afirma que é preciso “celebrar os ganhos das pessoas de ascendência africana” e defender a dignidade humana.

Assista ao vídeo em inglês com legendas em português.
 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud