Entrevista: Dalva Yukie Matsumoto

Entrevista: Dalva Yukie Matsumoto

A Organização Mundial da Saúde, OMS, e a Aliança Mundial de Cuidados Paliativos, afirmaram que mais de 20 milhões de pessoas precisam desse tipo de tratamento todos os anos, no mundo inteiro.

A conclusão consta do “Atlas Global de Cuidados Paliativos no Final da Vida” preparado, pela primeira vez, pelas duas organizações.

No Brasil, o trabalho de cuidados paliativos ainda está no começo. A afirmação foi feita pela diretora da Academia Nacional de Cuidados Paliativos, Ancp, a médica Dalva Yukie Matsumoto.

De São Paulo, em entrevista à Rádio ONU, Matsumoto explicou como é o trabalho da Ancp nesse processo de ajuda aos pacientes com doenças crônicas ou terminais.

A médica falou sobre os avanços obtidos até agora e também sobre o que ainda precisa ser feito. Segundo ela, é preciso antes de qualquer coisa formar equipes especializadas e montar estrutura de assistência para levar esse tipo de tratamento à população.

Ouça a entrevista com Edgard Júnior.

Duração: 10'05"