ONU alarmada com má-nutrição infantil no Chade (Português para África)

ONU alarmada com má-nutrição infantil no Chade (Português para África)

Estudos revelam que três em cada 10 mil crianças com menos de cinco anos de idade morrem todos os dias de fome no país.

Carlos Araújo, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As Nações Unidas apelaram para a tomada de medidas urgentes depois de um estudo ter revelado níveis alarmantes de má nutrição em crianças com menos de cinco anos, na região ocidental do Chade.

A pesquisa, realizada por uma organização não-governamental, revela que uma em cada cinco crianças naquele grupo etário sofre de má-nutrição aguda.

O coordenador humanitário da ONU para o Chade, Kingsley Amaning, descreveu os resultados como alarmantes. “Apesar das causas para níveis tão altos de má-nutrição serem crónicos, é mais do que evidente que uma resposta humanitária é necessária”, disse Amaning.

Crises Humanitárias

O estudo também revelou que três em cada 10 mil crianças com menos de cinco anos de idade, morrem todos os dias.

O Chade enfrenta actualmente uma série de crises humanitárias. A parte oriental do país abriga mais de 300 mil refugiados, a maior parte dos quais sudaneses que fugiram do conflito em Darfur, e 180 mil deslocados internos.

Mais de 57 mil refugiados da República Centro Africana vivem no sul do país.