Herpes genital afecta mais de 500 milhões, diz OMS

Herpes genital afecta mais de 500 milhões, diz OMS

Número de novas infecções ultrapassa 20 milhões por ano; 70% das mulheres da África Subsaariana estão infectadas.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York*.

O Boletim da Organização Mundial da Saúde, OMS, revela que a herpes genital afecta mais de 500 milhões de pessoas no mundo.

De acordo com o estudo, divulgado nesta quarta-feira, em Genebra, na Suíça, a doença sexualmente transmissível, infecta pelo menos 20 milhões de pessoas todos os anos.

Gravidez

A herpes genital é causada pelo HSV-2, conhecido como herpes simples, e infecta o paciente para o resto da vida.

De acordo com os médicos da OMS, muitas pessoas não sabem que têm a doença por causa da ausência de sintomas, e por isso acabam infectando outras sem saber.

O especialista George Schmid, do Departamento de HIV/Aids da OMS, afirmou que entre as consequências sérias estão um risco maior de transmissão da doença de mães infectadas para bebés durante a gravidez. A herpes genital pode causar danos cerebrais e até mesmo a morte da criança.

Prevalência

A agência da ONU calcula que pelo menos 16% da população entre 15 e 49 anos esteja infectada.

Os casos mais comuns são entre as mulheres, com uma prevalência maior na África Subsaariana, onde 70% estão infectadas.

O Boletim da OMS é uma das publicações da área de saúde mais respeitadas do mundo, e concentra-se principalmente nos países em desenvolvimento.

Apresentação*: Cátia Marinheiro, Rádio ONU em Nova York.