ONU lança programa de protecção de aves e abelhas

ONU lança programa de protecção de aves e abelhas

Projecto deve durar cinco anos e pretende recuperar declínio de populações em todo o mundo.

Marta Barroso, Rádio ONU em Nova York.

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, lançou um projecto de protecção de abelhas e aves que desempenham um papel importante para produção de alimentos e biodiversidade.

A iniciativa, que deve durar cinco anos, pretende recuperar o declínio recente de importantes populações de aves e insectos em todo o mundo incluindo as abelhas-de-mel.

Espécies Exóticas

De acordo com o Pnuma, a redução das populações de abelhas e aves, incluindo morcegos, são as doenças, os pesticidas, a perda de habitat e a introdução de espécies exóticas.

Abelhas, borboletas, pássaros e mosquitos desempenham um papel relevante na produção alimentar, uma vez que transferem pólen entre plantas de semente.

A actividade afecta mais de um terço da produção agrícola a nível mundial.

Com a iniciativa, de US$ 26 milhões, serão introduzidas práticas de gestão para manter e proteger espécies em todo o mundo.

O esquema é financiado pela Organização Global do Meio Ambiente, GEF, e coordenado pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO.