Nações Unidas condenam ataque contra tropas de paz em Darfur (Português para o Brasil)

Nações Unidas condenam ataque contra tropas de paz em Darfur (Português para o Brasil)

Atentado matou sete soldados da Missão das Nações Unidas e da União Africana em Darfur, Unamid.

João Duarte & Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou o assassinato de sete soldados da Missão das Nações Unidas e da União Africana em Darfur, Unamid.

Os militares foram mortos numa emboscada, no norte de Darfur, no Sudão. O ataque deixou feridos pelo menos mais 22 pessoas, sete delas em estado grave.

Emboscada

A porta-voz de Ban Ki-moon, Michele Montas, leu uma nota na qual Ban pediu a todas as partes que respeitem os compromissos assumidos ao governo do Sudão que leve os responsáveis pelo atentado à justiça.

De acordo com relatos da mídia sudanesa, uma coluna de 40 veículos armados teria emboscado as vítimas que faziam uma patrulha no norte de Darfur.

Desde o início do conflito em Darfur, e 2003, cerca de 250 mil pessoas morreram e 2,5 milhões de desabrigados.

O objetivo das tropas da ONU e da União Africana é proteger a população de Darfur.

E numa nota separada, o Programa Mundial de Alimentos, PMA, informou que um de seus motoristas na Somália foi assassinado. Ahmed Saalim estava ao serviço do PMA e transportava alimentos para as regiões de Bay e Bakool quando foi morto. Ele foi o quarto motorista do PMA a ser assassinado neste ano.