FAO cria novo banco global de dados sobre solos (Português para o Brasil)

FAO cria novo banco global de dados sobre solos (Português para o Brasil)

Informação ajudará a combater erosão, otimizar produção alimentar e diminuir o efeito estufa na atmosfera.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.*

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, informou a criação de uma novo banco de dados sobre os solos de todo o mundo.

Segundo a FAO, a iniciativa pode ser um instrumento útil para combater a mudança climática.

Potencial

O diretor-geral assistente da FAO para Recursos Naturais e Gestão Ambiental, Alexander Muller, disse que a informação sobre as características dos solos contribui para melhorar o potencial da produção alimentar.

Os dados também são relevantes para avaliar a carga de armazenamento de carbono e os limites de estoque com o objetivo de prevenir erosão dos solos.

De acordo com a FAO, existe cada vez mais interesse em formas e técnicas do chamado seqüestro de carbono pelos solos.

A elaboração da nova base de dados contou com a colaboração da Rede dos Escritórios Europeus de Solos, o Instituto de Ciência dos Solos da Academia Chinesa e o Centro Internacional de Informação e Referência sobe Solos, Isric.

Apresentação*: Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.