Nações Unidas marcam 60 anos de forças de paz

Nações Unidas marcam 60 anos de forças de paz

Uma coroa de flores será depositada em memória dos mais de 2,4 mil capacetes-azuis mortos em serviço.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas assinalam esta quinta-feira os 60 anos das Missões de Paz.

A data é comemorada no Dia Internacional dos Capacetes Azuis da organização, em Nova York.

Coroa

O subsecretário-geral do Departamento de Manutenção das Operações de Paz, Jean-Marie Guéhenno, deverá depositar uma coroa de flores em memória dos mais de 2,4 mil soldados da ONU mortos em serviço.

No Haiti, o Batalhão Brasileiro das forças de paz assinala a data com uma troca da guarda, como contou à Rádio ONU, de Porto Príncipe, o comandante Paul Cruz.

“Faremos um almoço comemorativo e vamos dar prosseguimento porque estamos em fase de rodízio de contingente. Nós estamos agora com metade dos militares do 8° contingente, que retornou ao Brasil, e naturalmente já fomos substituídos pelo pessoal que cumprirá por mais seis meses a missão de paz. Num dia destes são mantidas todas as nossas actividades. A rotina não muda porque a responsabilidade é grande”, afirmou.

Patrocinadores

A primeira missão de paz das Nações Unidas foi aprovada pelo Conselho de Segurança em 1948.

Actualmente, mais de 110 mil homens e mulheres servem em áreas de conflito em todo o mundo.

Os maiores patrocinadores das operações são a União Europeia, o Japão e os Estados Unidos.

Apresentação*: João Duarte, Rádio ONU em Nova York.