Unicef marca 1 ano de projeto escolar no Sudão

Unicef marca 1 ano de projeto escolar no Sudão

Programa, Vá para Escola, espera matricular 1,3 milhão de crianças no sul do país africano; cerca de quatro vezes mais que em 2005.

Ana Luiza Ponciano, Rádio ONU em Nova York*.

O Fundo da Nações Unidas para a Infância, Unicef, assinalou um ano de uma iniciativa para aumentar o número de crianças matriculadas nas escolas do sul do Sudão.

O projecto “Vá para a Escola” espera que 1,3 milhão de crianças sejam matriculadas este ano. Em 2005 apenas 340 mil meninos e meninas frequentaram a escola.

Áreas Remotas

Leia o boletim de Ana Luiza Ponciano, da Rádio ONU em Nova York.

“A iniciativa completou um ano após a assinatura do acordo de paz na região.

Segundo o Unicef, milhares de mochilas, cadernos, lápis, canetas e outros materiais escolares essenciais, a alunos e professores, foram distribuídos por camião, barco e até a pé para as comunidades nas áreas mais remotas.

Dos 1,3 milhão de crianças na escola, 34% são meninas. Segundo o Unicef, o número é importante, pois a área dá direitos restritos às mulheres.

Durante os anos de conflito, apenas 1% das meninas completou os estudos primários.

Com a intenção de promover a matrícula das crianças, durante os últimos dois anos, o Unicef tem dado apoio ao Governo do Sul do Sudão.

A parceria resultou na construção de 200 novas salas de aula, e a reforma de 300 já existentes, além, da formação de mais de 5 mil professores”.

De acordo com o Unicef, a iniciativa “Vá para a Escola” precisará de um investimento adicional de US$15 milhões.

*Apresentação: João Duarte da Rádio ONU em Nova York