Ocha pede US$ 89 milhões para África Austral (Português para a África)

Ocha pede US$ 89 milhões para África Austral (Português para a África)

Moçambique poderá beneficiar de US$ 35 milhões por ser o país mais afectado.

Helder Gomes, da Rádio ONU em Nova York.

O Escritório das Nações Unidas para Assistência Humanitária, Ocha, pediu à comunidade internacional US$ 89 milhões para ajudar países atingidos pelas cheias na África Austral.

O Ocha estima que cerca de 450 mil pessoas necessitam assistência humanitária de emergência na região.

A agência da ONU afirma que as inundações que começaram em Dezembro, já causaram graves estragos às culturas nos quatro países.

Moçambique

De acordo com as Nações Unidas, Moçambique poderia beneficiar de US$ 35 milhões por ser o país mais afectado.

Nesta antiga colónia portuguesa, as cheias destruíram cerca de 90 mil hectares de plantações e deixaram mais de 680 mil pessoas afectadas.

O subsecretário-geral da ONU para Assuntos Humanitários, John Holmes, disse que é preciso assegurar abrigos, medicamentos e água potável aos desalojados.

Agências da ONU temem ainda que as inundações venham a contribuir para propagar epidemias. Somente em Malauí já foram registados 700 casos de cólera.