Mortalidade de menores de cinco anos cai de 10 milhões para 9,7 milhões (Português para África)

Mortalidade de menores de cinco anos cai de 10 milhões para 9,7 milhões (Português para África)

O documento “Progresso para a Infância: Análise Estatística de um Mundo Apropriado para as Crianças”, foi divulgado nesta segunda-feira.

Jorge Soares, da Rádio ONU em Nova York.

Um relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, registou, entre 2006 e 2007, uma redução de 0,03% da mortalidade entre crianças menores de cincos anos.

O relatório atribui essa queda de 10 milhões para 9,7 milhões a melhorias nos cuidados saúde.

O documento “Progresso para a Infância: Análise Estatístico de um Mundo Apropriado para as Crianças”, foi divulgado nesta segunda-feira, na sede do Unicef, em Nova York, pela chefe do Departamento de Protecção às Crianças, Karen Landgren.

Ela informou que pela primeira vez, o documento aborda um vasto número de índices como a protecção das crianças, trabalho infantil e casamento em idade precoce.

Vitamina A

O Unicef revela que, entre 1999 e 2005, se quadruplicou o fornecimento da vitamina A, em nível mundial.

Na África subsaariana, o amamentação cresceu em 20%, e se triplicou a distribuição de mosquiteiros impregnados com insecticidas.

HIV/Sida

Mas o relatório regista poucos progressos na transmissão vertical do HIV, ou seja de mãe para os bebés, nos países em desenvolvimento.

Segundo o estudo, em 2005, apenas 11% de mais de 2 milhões de grávidas seropositivas receberam tratamento com antirretrovirais em países em desenvolvimento.