OMS lança novas regras sobre assistência psicológica em emergências

OMS lança novas regras sobre assistência psicológica em emergências

A Organização Mundial da Saúde, OMS, anunciou um novo conjunto de regras sobre assistências social e psicológica a sobreviventes de conflitos e desastres naturais.

Segundo a OMS, até o momento, a questão da saúde mental de sobreviventes de conflitos e desastres era limitada ao trabalho de psicólogos e psiquiatras.

A agência da ONU citou exemplos recentes como os conflitos no Afeganistão e no Sudão e o tsunami na Indonésia.

Pelas novas regras, o trabalho de assistência social e humanitária deve incluir acompanhamento de professores, profissionais da área de saúde e grupos de apoio à mulher.

As novas regras estão sendo divulgadas por um consórcio formado por agências da ONU, pela Cruz Vermelha e pelo Crescente Vermelho.