Quase 10% da população mundial fazem hora extra, diz OIT

Quase 10% da população mundial fazem hora extra, diz OIT

Um relatório da Organização Internacional do Trabalho, OIT, divulgado nesta quinta-feira, em Genebra, sugere que mais de 600 milhões de pessoas têm carga horária superior a 48 horas por semana.

Os Estados Unidos estão no fim da lista com cerca de 18%.

Segundo a agência da ONU, a carga horária de trabalho menor beneficia a saúde, a vida em família e reduz o número de acidentes de trabalho.

Os números foram revelados durante a 96ª.Conferência Geral da Organização Internacional do Trabalho, na Suíça.

O assessor de imprensa da OIT, Luis Cordova, explicou à Rádio ONU, de Genebra, quais são os principais temas do encontro.

“Na primeira semana, o Comité de Trabalhadores, Empregadores e Governo discutiu temas como, por exemplo, uma nova normativa para os trabalhadores no sector da pesca. Uma nova iniciativa para sustentabilidade de projectos empresariais”, disse.

A conferência da OIT deve terminar na próxima sexta-feira.