Jornalista de rádio associada à ONU é assassinado na RD Congo

Jornalista de rádio associada à ONU é assassinado na RD Congo

A Missão da ONU na República Democrática do Congo, Monuc, informou que o jornalista Serge Maheshe (foto), da Rádio Okapi, uma emissora patrocinada pela ONU, foi assassinado a tiros.~~

O assistente do vice-representante do Secretário-Geral da ONU na República Democrática do Congo, Helder de Barros, contou à Rádio ONU, de Kinshasa, como o jornalista foi abordado pelos assassinos.

“Apareceram três homens armados, eram civis, não eram militares. Houve uma troca de palavras e em seguida dispararam três tiros, dois dos quais apanharam-no no estômago”, contou.

Helder de Barros explicou que a Rádio Okapi pertence à Fundação Hirondelle, uma ONG suíça que tem um acordo de cooperação com a Monuc.

Segundo a Monuc, a emissora foi criada para apoiar o processo de paz no país, que viveu um conflito armado até 2003.