ONU debate desenvolvimento e redução da pobreza em África

ONU debate desenvolvimento e redução da pobreza em África

A vice-secretária-geral da ONU, Asha-Rose Migiro, sugeriu aos países africanos a adopção de iniciativas económicas capazes de promover o desenvolvimento e reduzir a pobreza.

A vice-secretária-geral fez essas declarações, nesta segunda-feira, em Nova York, na abertura de um debate no Conselho Económico e Social das Nações Unidas, Ecosoc, sobre a eliminação da pobreza em África.

O Director do Centro de Promoção e Investimentos de Moçambique, Rafique Jussob, falou à Rádio ONU, de Maputo, sobre a necessidade de investimentos em África.

“A África precisa de capital, precisa de tecnologia, precisa expandir. E os investimentos europeus, americanos e de outros países desenvolvidos não são suficientes porque todo o potencial da África é muito grande para o pouco investimento que entra da Europa e da América”, disse.

Rafique Jussob se referiu ainda à necessidade de diversificar a origem dos investimentos.

“Os sectores que nós promovemos são os ligados a agropecuária, portanto, a agricultura comercial, voltada para a produção de bens com acréscimo de valor e também para exportação. Assim como, os investimentos na área de mineração, na área infraestrutural e na área de construção são oportunidades concretas que nós temos nesse momento, com base nos programas de desenvolvimento de Moçambique”, salientou.

Os debates realizados nesta segunda-feira no Ecosoc servem de preparação à reunião Ministerial Anual, programada para Julho em Genebra na Suíça.

Esse encontro fará uma avaliação dos esforços da comunidade internacional e de cada país para implementar os Objectivos do Desenvolvimento do Milénio.