ONU retoma debate sobre alargamento do Conselho de Segurança

ONU retoma debate sobre alargamento do Conselho de Segurança

Um grupo de trabalho sobre reformas no Conselho de Segurança está reunido em Nova York para debater um cronograma sobre a proposta de ampliar o número de países-membros no órgão.

O vice-embaixador da missão do Brasil na ONU, Piragibe Tarragô, falou à Rádio ONU sobre a contribuição do Brasil nas conversações.

“ É uma das prioridades da nossa política externa, fazer com que o Conselho de Segurança seja mais representativo e tenha maior legitimidade e autoridade para implementar medidas que venham a assegurar a paz e a segurança internacionais. E para que isso ocorra nos consideramos importante a ampliação do Conselho para inclusão de países, que hoje ocupam lugar de maior peso nas relações internacionais, na comunidade internacional”, disse.

Brasil, Índia, Alemanha, e Japão formam o chamado G-4 e apóiam a proposta de ampliação do número de membros do Conselho de Segurança dos actuais 15 assentos para 25. O plano do grupo dos quatro, prevê ainda seis novos assentos para membros permanentes, incluindo um para a África.

O Brasil já expressou seu interesse em se tornar membro permanente do conselho.