Estabilização do Haiti

Estabilização do Haiti

A ONU lançou um apelo de US$ 98 milhões para o Haiti. O país caribenho conta com a Força para Estabilização do Haiti, Minustah, desde 2004. Antes do apelo, o vice-representante especial de Kofi Annan no país, Luiz Carlos da Costa (foto), conversou com a Rádio ONU sobre a situação no país.

“Se trata de um marco muito importante. Também vai iniciar um processo bastante necessário da descentralização no Haiti. Ao mesmo tempo eleições esporádicas, por si, não trazem democracia. Elas devem ser conduzidas paralelamente ao reenforçamento da capacidade das legislações sociais e a reforma nas instituições que regem essas leis”, disse.

No primeiro semestre de 2006, foram eleitos o presidente, René Préval, e o novo Parlamento do país. Segundo Préval, o Haiti é um país que precisa ser construído e conta com a ajuda externa para fazê-lo.

Mas de acordo com o premiê haitiano, Jacques Edouard Alexis, 99% da ajuda de US$ 750 milhões prometida ainda não chegaram à ilha.

Nações Unidas em Ação, produção da Rádio ONU em Nova York.

Apresentação: Monica Valeria

Produção: Sandra Guy e Kacy Lin

Direção técnica: Michael Gomez