ONU deseja ao governo e ao povo do Sudão um ano novo de paz

29 dezembro 2016

Mensagem conjunta da Missão das Nações Unidas e da União Africana em Darfur diz que 2016 não foi um ano fácil nem para a população nem para a Unamid.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.*

Em comunicado conjunto, a Missão das Nações Unidas e da União Africana em Darfur, desejou ao povo e ao governo do Sudão um ano novo de paz.

O representante conjunto da Unamid, Martin Uhomoibhi, saudou ainda o país pelo Dia da Independência, comemorado em 1º de janeiro.

Mortes

Uhomoibhi disse que “2016 não foi um ano dos mais fáceis para a população de Darfur nem para a Unamid”, que perdeu um funcionário da África do Sul por causa das hostilidades e outros devido a vários incidentes.

O representante declarou que confrontos armados entre os vários grupos comunitários em várias áreas de Darfur e a renovação do conflito em Jebel Marra resultam em numerosas mortes e no deslocamento em massa.

Desafio

Enquanto a missão da ONU e parceiros estão a fazer o melhor para proteger as necessidades e fornecer ajuda humanitária à população, a situação na região continua a ser um desafio.

A Unamid enfatiza que não há solução militar para o conflito e continua a promover iniciativas de paz e reconciliação.

Ao olhar para o novo ano, Martin Uhomoibhi disse querer assegurar que a Missão da ONU cumpra seu mandato e continue empenhada pelas causas da paz, estabilidade e segurança de Darfur.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

Notícias relacionadas:

Trabalhadores humanitários raptados em novembro são libertados no Sudão

TPI quer mais ação da ONU para punir crimes cometidos em Darfur

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud