Mali: ONU faz apelo por velocidade na implementação do acordo de paz

5 abril 2016

No Conselho de Segurança, o subsecretário-geral das Nações Unidas para Operações de Paz afirmou que “cada dia perdido na implementação do Acordo de Paz é um dia ganho pelos grupos extremistas e terroristas no Mali”; documento foi assinado há quase 10 meses.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

“Cada dia perdido na implementação do Acordo de Paz é um dia ganho pelos grupos extremistas e terroristas no Mali”, declarou esta terça-feira o subsecretário-geral das Nações Unidas para Operações de Paz, Hervé Ladsous.

Avanço Lento

No Conselho de Segurança, o representante reconheceu que foram feitos progressos, ao citar medidas que considerou importantes, tomadas na semana passada.

Entre elas estão a criação de comissões responsáveis pela integração e desarmamento, desmobilização e reinserção, com a sigla DDR.

No entanto, Ladsous considerou os esforços “lentos” tendo em vista as questões de segurança no norte do Mali.

Urgência

O subsecretário-geral fez um apelo ao governo e aos grupos armados signatários que definam rapidamente um calendário para implementar todas as questões pendentes previstas no tratado.

Hervé Ladsous afirmou que “quase 10 meses após a assinatura do acordo de paz, é urgente tornar funcional o Mecanismo Operacional de Coordenação e lançar as patrulhas mistas”.

Para ele, essas ações terão um papel “essencial” na segurança do processo de acantonamento e no desarmamento, na desmobilização e na reinserção.

*Apresentação: Michelle Alves de Lima.

Leia Mais:

Conselho de Segurança afirma apoio ao Mali em "momento chave"

Subsecretário-geral destaca evolução na situação no Mali, mas ressalta desafios

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud