Soldados de Paz de Portugal: servindo o povo da República Centro-Africana

Soldados de paz pefilados em formatura de guarda de honra na base da Minusca em Bangui, na República Centro-Africana
Minusca/Leonel Grothe
Soldados de paz pefilados em formatura de guarda de honra na base da Minusca em Bangui, na República Centro-Africana
Militares das forças especiais portuguesas na base de manutenção da paz da ONU em Bangui, capital da República Centro-Africana
Minusca/Leonel Grothe
Forças de paz portuguesas da ONU planejam sua rota durante a patrulha na República Centro-Africana
ONU
Em fevereiro de 2020, havia 180 soldados portugueses de manutenção da paz da ONU destacados para a força de reação rápida da Minusca
Minusca/Leonel Grothe
Soldados de paz da ONU vindos de Portugal são enviados a algumas das partes mais perigosas da República Centro-Africana
ONU
Soldados de manutenção da paz da ONU do contingente português na República Centro-Africana prestam cuidados de saúde a crianças na capital, Bangui
Minusca/Hervé Serefio
O general de brigada Paulo Emanuel Maia Pereira de Portugal, vice-comandante da Minusca
Minusca/David Manuya
Telmo Sentieiro, um boina-azul português que serve noTimor-Leste, caminha por uma aldeia nas montanhas
Foto ONU/Martine Perret
O boina-azul português, Telmo Sentieiro (à esquerda) prepara o jantar com um colega brasileiro nas montanhas do Timor Leste.
ONU/Martine Perret