William Spindler

Porta-voz do Acnur comenta Conferência sobre Venezuela

William Spindler falou à ONU News sobre a conclusão da Conferência Internacional de Solidariedade a Migrantes e Refugiados Venezuelanos; evento recebeu promessas de 120 milhões de euros para socorrer 4,5 milhões de pessoas que já fugiram para os países vizinhos por causa da crise política na Venezuela. Spindler conversou com o repórter Eleutério Guevane.

Agência da ONU aumenta ajuda a pessoas que fogem da violência na Nicarágua

País da América latina enfrenta onda de violência que causou a morte de pelo menos 280 pessoas; desde abril, a Costa Rica registou mais de 8 mil pedidos de asilo e outras 15 mil pessoas estão em lista de espera. 

Rohingyas arriscam vida em balsas para fugir da violência
BR

Alerta feito pela Agência da ONU para Refugiados, Acnur, sugere que meios incluem embarcações feitas de bambu e latas vazias; desde 25 de agosto, mais de 100 morreram afogados.

Laura Gelbert Delgado da ONU News em Nova Iorque.*

Áudio -

Rohingyas arriscam vida em balsas para fugir da violência
BR

Campanha do Acnur informa migrantes africanos sobre condições no Iémen

Etiópia e Somália são os principais pontos de partida; agência fala de expectativas irreais das pessoas que decidem fazer a viagem; migrantes expostos a riscos como abuso sexual, extorsão, tortura e trabalhos forçados.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Campanha do Acnur informa migrantes africanos sobre condições no Iémen

Cerca de 400 mil pessoas deslocadas em Alepo precisam de abrigo urgente
BR

Enviado especial da ONU, Staffan de Mistura disse que 30 mil fugiram da cidade por causa da violência nos últimos dias; Acnur cita também situaçào dos refugiados na região.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.*

Áudio -

Cerca de 400 mil pessoas deslocadas em Alepo precisam de abrigo urgente
BR

100 mil pessoas sitiadas na cidade de Yei, no Sudão do Sul

Acnur fala em operações militares numa área do país que era pacífica; cidade passa por crise humanitária e agência está preocupada com a segurança dos civis; testemunhas relatam cenas terríveis de violência.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

100 mil pessoas sitiadas na cidade de Yei, no Sudão do Sul