Uniads

Unaids quer que remédios contra Aids continuem acessíveis e baratos
BR

Agência da ONU pediu a governos e empresas farmacêuticas que mantenham promessa; atualmente mais de 15 milhões de pessoas têm acesso a esse tipo de medicamento no mundo, comparado com 700 mil em 2000.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Áudio -

Unaids quer que remédios contra Aids continuem acessíveis e baratos
BR